Enfermagem

Habilitação

Bacharel

Duração

8 semestres

Turnos

noturno

100 vagas

Entrada semestral

Sobre o curso

O profissional bacharel em Enfermagem atua com autonomia em sua profissão, com respeito a vida, ética e preceitos legais da profissão, como integrante da equipe de saúde, das ações que visem satisfazer as necessidades de saúde da população e da defesa dos princípios das políticas públicas de saúde e ambientais, que garantam a universalidade de acesso aos serviços de saúde, integralidade da assistência, exerce suas atividades com competência para a promoção do ser humano na sua integralidade, de acordo com os princípios da ética e da bioética.

A prática

Cumprindo assim a formação para as competências e habilidades propostas pelas diretrizes curriculares dos cursos de enfermagem:

  • Atenção à Saúde: Estar apto dentro de seu âmbito profissional, devem estar aptos a desenvolver ações de prevenção, promoção, proteção e reabilitação da saúde, tanto em nível individual quanto coletivo;
  • Tomada de decisão: Ter competências e habilidades para avaliar, sistematizar e decidir as condutas mais adequadas, baseadas em evidências científicas e no bom senso;
  • Comunicação: Ter capacidade de se comunicar (comunicação verbal, não-verbal e habilidades de escrita e leitura) de forma acessível na interação com outros profissionais de saúde e o público em geral. A comunicação envolve; o domínio de, pelo menos, uma língua estrangeira e de tecnologias de comunicação e informação;
  • Liderança: compromisso, responsabilidade, empatia, habilidade para tomada de decisões, comunicação e gerenciamento de forma efetiva e eficaz;
  • Administração e Gerenciamento: os profissionais devem estar aptos a tomar iniciativa, fazer o gerenciamento e administração tanto da força de trabalho, dos recursos físicos, materiais e de informação, da mesma forma que devem estar aptos a serem empreendedores, gestores, empregadores ou liderança na equipe de saúde;
  • Educação permanente: os profissionais devem ser capazes de aprender continuamente, tanto na sua formação, quanto na sua prática. Desta forma, os profissionais de saúde devem aprender a aprender e ter responsabilidade e compromisso com a sua educação e o treinamento/estágios das futuras gerações de profissionais.

Coordenadora: Verônica Moraes

Perfil do Egresso

Atuar profissionalmente, compreendendo a natureza humana em suas dimensões, expressões e fases evolutivas;

  • Reconhecer a interferência histórica do processo de trabalho no contexto das profissões de saúde;
  • Sentir-se e agir como membro do seu grupo profissional;
  • Reconhecer-se como agente aprendente do processo de formação de recursos humanos para o setor de saúde;
  • Comprometer-se, balizado pela ética e cidadania, com os investimentos voltados para a solução de problemas sociais;
  • Diagnosticar o perfil epidemiológico das populações e responder às especialidades regionais de saúde, através de intervenções planejadas estrategicamente, em níveis de promoção, prevenção, proteção e reabilitação à saúde;
  • Responsabilizar-se pela qualidade dos cuidados de enfermagem prestados ao ser humano nos vários níveis de saúde (primário, secundário e terciário) em conjunto com a sua equipe de Enfermagem e as demais equipes de saúde;
  • Participar com consciência política de associações e conselhos profissionais;
  • Desenvolver e aprimorar a sensibilidade à dor e ao sofrimento do próximo com habilidade e competência para atuar com sabedoria no processo do cuidado.

Campo de atuação e mercado de trabalho

Unidades básicas de Saúde – como enfermeiros responsáveis técnicos, e na atuação como membros da equipe de saúde, nos processos de organização e gerencia das unidades, atuando na assistência em saúde nos programa de saúde pública.

Hospitais – como responsáveis por setores hospitalares, com cargos de chefia e gerenciamento de profissionais técnicos de enfermagem, fluxo de trabalho, organização e planejamento dos trabalhos executados. Atuação em setores de pronto socorro como membros das equipes de atuação; Atuação em setores específicos: pediatria, maternidades, unidades de terapia intensiva; centros cirúrgicos; Atuação com gerencia e organização dos trabalhos hospitalares.

Clínicas Especializadas – Atuação na organização e gerenciamento e em procedimentos técnicos inerentes a função.

Gestão e Gerência – Atuar em gerenciamentos e gestão da saúde, com organização, planejamento e liderança de setores públicos e privados.

Consultorias na área da saúde – Atuar em consultorias da área técnica em assuntos relativos a profissão, organização e planejamento da área da saúde, dentro de suas especificidades.

Professor em nível técnico, médio e superior em matérias dos campos de enfermagem.

Matriz Curricular

1º Ano

  • Anatomia Humana
  • Fisiologia Humana
  • Bioquímica
  • Bases Biológicas Integradas
  • Epidemiologia e Bioestatística
  • Construção social e cultural da saúde
  • Metodologia da Pesquisa
  • Organização do Sistema de Saúde e Políticas Públicas
  • Enfermagem como Profissão
  • Habilidades I
  • Projeto Integrado de Saúde I

2º Ano

  • Doenças Transmissíveis
  • Farmacologia
  • Processos Imunopatológicos
  • Nutrição Clínica
  • Didática em Enfermagem
  • Saúde Coletiva
  • Habilidades II
  • Genética Humana
  • Projeto Integrado de Saúde II

3º Ano

  • Saúde da Criança e do Adolescente
  • Saúde do Trabalhador
  • Saúde da Mulher
  • Saúde do Adulto e Idoso
  • Saúde Mental
  • Atendimento às Urgências – Pronto Socorro
  • Projeto Integrado de Saúde III

4º Ano

  • Disciplina Optativa I
  • Disciplina Optativa II
  • Atenção ao Paciente Crítico
  • Organização e Administração em Enfermagem
  • Psicologia do Desenvolvimento Humano
  • Projeto Integrado de Saúde – TCC

UniFatecie,

crescendo

com VOCÊ!