Medicina Veterinária

Sobre o curso

Nosso curso de Medicina Veterinária foi concebido com nota máxima na avaliação do MEC, pois apresenta todas as exigências de infraestrutura e de capital humano para a formação de profissionais capazes de enfrentar e abordar novos problemas de maneira independente, crítica e positiva. Nosso objetivo é proporcionar uma sólida formação acadêmica generalista e que tenha vínculos à nossa realidade regional e nacional, formando profissionais capazes de executarem as habilidades técnicas necessárias para o exercício da função, bem como possuir discernimento e conhecimento teórico para influir nas questões sociais, econômicas, políticas e culturais ligadas à profissão.

A prática

A profissão de médico(a) veterinário(a) é conhecida pelo seu caráter técnico e prático para o atendimento clínico, cirúrgico e/ou preventivo das doenças de animais, muito embora existam inúmeras outras áreas de atuação. Na UniFatecie não é diferente! Nosso curso conta com laboratórios bem equipados para aprendizagem prática e, já no primeiro ano do curso, o(a) aluno(a) já começa a “aprender pela ponta dos dedos”. O curso conta com laboratórios de Anatomia Descritiva, Anatomia Topográfica, Bioquímica Animal, Biologia Celular e Genética, Histologia e Citologia, Parasitologia, Farmacologia e Patologia Geral.

Na Fazenda Experimental UniFatecie contamos com área pronta para o desenvolvimento dos conhecimentos práticos e de manejo com animais de grande porte. É onde também desenvolvemos o Dia de Campo de Agrárias, evento no qual os alunos podem vivenciar o contato com produtor, o trabalho em equipe e expor seus conhecimentos adquiridos em sala.

O projeto extensionista do curso

Em uma parceria público-privada, por meio do curso de Medicina Veterinária, temos sob uso um trailer para trabalhos em prol aos animais de comunidades carentes. O nome do trailer é UVM (Unidade Veterinária Móvel) e o projeto extensionista visa levar o aluno até a comunidade e ofertar serviços como informação sobre a posse responsável e zoonoses, microchipagem de animais para controle e castrações de cães e gatos para o controle populacional desses animais no meio urbano. Essas ações visam promover ensino prático, vivência em equipe e contato com a realidade local por parte dos alunos. Já a comunidade ganha com os atendimentos e campanhas de conscientização. Todo o município e região também ganha, pois com o controle populacional promove-se controle das zoonoses. E o principal beneficiado são os próprios animais que recebem atendimento visando o grau máximo de bem estar.

Coordenador: Me Marivaldo da Silva Oliveira
Conheça a Fazenda Experimental

Perfil do Egresso

Na Medicina Veterinária do século XXI entende-se que o profissional recém formado deve saber atuar nas diversas áreas propostas pela instituição, ou seja, uma formação generalista que abranja:

  • Conhecimento sobre as diversas espécies animais e suas correlações com o ambiente visando a segurança da saúde do seres humanos e não-humanos;
  • Atualização sobre as diversas formas de ensino e aprendizagem virtuais disponibilizados pelas tecnologias de informação e comunicação (TIC’s), bem como da difusão de conhecimento à comunidade correlata através dos meios mais atuais, como as redes sociais existentes;
  • Compromisso com a pesquisa e a extensão, reconhecendo que é a pesquisa científica que promove a expansão do conhecimento gerado e que é a extensão dos serviços à comunidade que justifica a sua formação;
  • Conhecimento teórico aliado ao prático para intervir efetivamente nas questões sanitárias animais que decorrem das diversas patologias inerentes aos seres vivos;
  • Formação humanística, crítica e reflexiva para atuar em todos os níveis de atenção às questões que envolvem o conhecimento da Medicina Veterinária, inclusive atuando em questões de saúde única, um campo onde o médico veterinário é cada vez mais reconhecido.

Em toda amplitude do curso, antes de Médico(a) Veterinário(a) o profissional recém formado é considerado um ser social responsável por seus atos, pensamentos e associações.

Campo de atuação e mercado de trabalho

No Brasil, as oportunidades para o(a) médico(a) veterinário(a) recém formado ocorrem tanto no setor público quanto na iniciativa privada e também acompanha a tendência mundial, onde o profissional deve planejar e administrar sua carreira, que muitas vezes apresentasse na forma de empreendimento próprio. O nosso curso de Medicina Veterinária está estruturado para preparar profissionais capazes de atuar com sucesso nessa nova realidade.

Além das áreas de atendimento clínico-cirúrgico, tanto de pequenos quanto de grandes animais, existem outras inúmeras áreas que hoje são realidade para o(a) profissional veterinário(a):

  • Animais de Produção: trabalhando com criação e sanidade de animais de grande, médio e pequeno porte. Avicultura (postura e corte), suinocultura (corte e genética), bovinocultura (leite e corte), bubalinocultura, psicultura, ovinocultura (carne e lã), caprinocultura (carne e leite), ranicultura, apicultura, strutcultura, dentre tantas outras criações animais para fins de geração de proteína animal para alimentação humana.
  • Reprodução Animal: uma das áreas que mais empregam na Medicina Veterinária, a reprodução assume importante papel no incremento da produção de proteína animal e na propagação de genes melhorados nos rebanhos e plantéis do mundo todo. O Brasil é pioneiro e reconhecidamente um dos países que mais prospera na área de biotecnologia da reprodução, com muita pesquisa e aplicações práticas a campo. Inseminação Artificial (IA), Inseminação Artificial em Tempo Fixo (IATF), Fertilização in vitro (FIV), Produção de Embriões in vitro (PIVE), Aspiração Folicular, Transferência de Embriões, são apenas algumas das possibilidades disponíveis hoje dentre as biotecnologias.
  • Animais Selvagens: hoje o atendimento clínico a animais selvagens ou silvestres ganhou notoriedade e chama a atenção do recém formado para a especialização no atendimento de pets exóticos e aves ornamentais.
  • Medicina Esportiva Equina: uma área clássica de atuação do(a) médico(a) veterinário(a) é o atendimento clínico especializado em equinos atletas. Os esportes equestres movimentam bilhões por ano, direta e indiretamente. Como médicos veterinários(as) atuamos no tratamento e prevenção das principais afecções inerentes a esses animais e às práticas esportivas realizadas por eles.
  • Vigilância Sanitária e Inspeção de Produtos de Origem Animal: tudo o que chega na mesa do consumidor e que seja de derivação animal, passa pela mão e pelos olhos de um(a) médico(a) veterinário(a). É comum a empregabilidade por parte de órgãos ou autarquias governamentais ligadas ao MAPA – Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (ADAPAR, no caso do Paraná) por meio de concursos públicos que chegam a pagar salários que variam de R$5.600,00 a R$14.000,00 mensais.
  • Ensino e Pesquisa: boa parte dos(as) profissionais formados(as) acabam seguindo a carreira acadêmica e tornando-se professor(a). Dependendo da titulação conseguida (Especialista, Mestre ou Doutor) varia também o salário. A pesquisa absorve uma parcela considerável de profissionais que buscam aprofundar e gerar novos conhecimentos acerca de um tema ou assunto.
  • Área Comercial: essa área de atuação do(a) médico(a) veterinário(a) absorve muitos profissionais e é uma área de fundamental importância para a profissão e para os setores que se alimentam da informação veterinária. Principalmente, as empresas de nutrição animal necessitam da mão-de-obra específica do profissional veterinário para transmitir ao cliente a informação correta sobre aquela determinada formulação. O mesmo acontece com os que trabalham nos laboratórios farmacológicos veterinários, pois precisam transmitir com detalhes técnico sobre determinada ação daquele medicamento para que seu comprador efetue negociação.
Matriz Curricular

1º Período - Papyrus de Kahun

  • Agrostologia e Forragicultura
  • Deontologia e Medicina Veterinária Legal
  • Bem Estar Animal
  • Economia e Adm. Rural
  • Ecologia, Meio Ambiente e Sustentabilidade
  • Bioestatística e Epidemiologia
  • Formação Geral*

2º Período - Hippiatra

  • Anatomia Descritiva dos Animais Domésticos I
  • Bioquímica Animal
  • Biologia Celular e Genética
  • Histologia e Embriologia
  • Formação Sociocultural e Ética*

3º Período - Aristóteles

  • Anatomia Descritiva dos Animais Domésticos II
  • Farmacologia
  • Melhoramento Animal
  • Patologia Geral
  • METEP*

4º Período - São Tomás de Aquino

  • Anatomia Topográfica
  • Fisiologia e Biofísica
  • Imunologia
  • Microbiologia
  • Parasitologia
  • Comunicação e Expressão*

5º Período - São Franscisco de Assis

  • Doenças Infecciosas e Parasitárias
  • Semiologia
  • Ornitopatologia
  • Patologia Especial
  • Nutrição Animal
  • Marketing para Profissionais Liberais*

6º Período - Claude Bourgelat

  • Laboratório Clínico
  • Diagnóstico por Imagem
  • Técnica Operatória
  • Anestesiologia
  • Toxicologia
  • Tópicos Especiais sobre a Fauna Silvestre*

7º Período - Getúlio Vargas

  • Clínica Médica de Pequenos Animais I
  • Clínica Cirúrgica de Pequenos Animais
  • Zootecnia de Não Ruminantes
  • Clínica Médica de Grandes Animais I
  • Medicina Veterinária Preventiva e Zoonoses
  • Tópicos Especiais em Saúde Única*

8º Período - João Muniz Barreto de Aragão

  • Clínica Médica de Pequenos Animais II
  • Clínica Cirúrgica de Grandes Animais
  • Zootecnia de Ruminantes
  • Clínica Médica de Grandes Animais II
  • Produção e Patologia de Animais Aquáticos
  • Empreendedorismo*

9º Período - Oswaldo Cruz

  • Biotecnologia da Reprodução
  • Extensão Rural
  • Higiene e Inspeção
  • Tecnologia de Produtos de Origem Animal
  • Teriogenologia
  • Defesa Sanitária Animal
  • Estágio Supervisionado Obrigatório Interno

10º Período - Nair Eugenia Lobo

  • Estágio Superviosionado Obrigatório Externo

UniFatecie,

crescendo

com VOCÊ!